O ruído é tratado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como o segundo maior poluidor das cidades, ficando atrás somente da poluição do ar.

Diversos estudos epidemiológicos mostram que muitos problemas de saúde são atribuídos ao ruído, como por exemplo hipertensão arterial, diabetes e problemas cardiovasculares.

O excesso de ruído está correlacionado também à baixa produtividade em trabalhadores e alunos, além de poder provocar problemas psicológicos.

Dessa forma podemos atribuir que ruído é um problema de saúde pública.

  • Facebook
  • Twitter
  • LinkedIn

©2020 por Chega de Barulho.